"Não há um milímetro do mundo que não seja saboroso" (Jean Giono)

segunda-feira


E a cada segunda-feira a mesma sensação. sabes que não é aqui que pertences. sentes o inconformismo a rasgar-te a alma e os sonhos a transbordarem os teus pensamentos. tens consciência que é necessário apenas a coragem de arriscar, que a ti te falta e não consegues encontrar. sentes-te presa do mundo que tu mesma escolheste e idealizas aquele onde gostarias de estar...bem por detrás do sol.
[Foto: Tim Walker]

terça-feira

Com que tinta se escrevem os sonhos?


um dia sonhei que voava. que as minhas forças eram intermináveis. e bem longe eu chegava. acreditei com força na realidade desse sonho. abri os olhos e vi que estava suspensa. que na verdade conseguia sempre que queria. descobri que posso ter tudo o que desejar ao alcance das minhas mãos. basta querer. querer com o coração. voei sem rumo. não quero voltar. não vou voltar. não estou sozinha. sinto a Paz.

recolho as migalhas de ternura que foste deixando para atrás. junto uma a uma, guardo-as nas minhas mãos e faço com elas um aglomerado de momentos e alegrias.
[Foto: Tim Walker]

segunda-feira


tinha para mim a certeza que os olhos já não sabiam falar e as mãos ficaram cegas de tanto tocar. mas sopraste no meu ouvido o som de um contemplar de céu silencioso numa espera feita de impaciência e ansiedade desmedida, preenchida pela apenas chegada melancolia.
[Foto: Tim Walker]

De nós

espreito através da luz no fundo dos teus olhos e vejo as folhas de alguns ramos da tua alma, a caírem levitando ao contrario até chegar à terra do teu coração. seco as mãos da água que lavou meu desejo e aqueço agora o meu sentir com este calor seco que levanta o lume dentro de mim. não posso me queimar porque este fogo faz parte de mim e de ti. este fogo nasce de nós, por nós e para nós.

sexta-feira

Propósitos 2009


acreditar que ainda é tempo. guardar lembranças num baú velho e limpar-lhes o pó ano após ano. secar as lágrimas que os sorrisos deixam escapar. ouvir os sussurros do meu coração a chamar baixinho pelo teu calor. entrelaçar os dedos da alma e não largar enquanto os risos soem no ar que respiramos.


viver amar sonhar partilhar

[Foto: Tim Walker]

Poderosa tempestade:


Leva-me nas tuas ondas, nos teus ventos e não me tragas de volta.
Suga-me os medos e deixa-me a esperança a pendurar nos meus dedos.
Lembra-me o que deixei de ser e ama-me pelo que hoje sou!
[Foto: Murat Sayginer]

Rádio Sabor a Canela

Sabores Anteriores