"Não há um milímetro do mundo que não seja saboroso" (Jean Giono)

segunda-feira

Do destino que não te pertence


Manha triste e desolada. Vejo os teus olhos tristes e no teu rosto o desejo de roubar uma vida, uma outra que não a tua. No fundo o conformismo porque nunca serias capaz... A tua alma combina com este dia que já não vias há vidas. E sentes o aperto no peito. Aproximo-me de ti e vejo as tuas mãos a tremer e as tuas pernas em movimentos obsessivos. Não consegues sorrir quando cumprimentas e o teu corpo carrega o peso de uma vida mais longa que a tua... Uma vida que não te pertence, mas que aceitas-te como destino. Pensas-te corajoso porque a aceitas como tal, mas coragem é preciso para transformá-la no que tu queres e precisas!

Rádio Sabor a Canela

Sabores Anteriores